O CEAGRO compreende o trabalho com mulheres e a questão de gênero como fundamental na sua estratégica de atuação, transversalmente relacionada aos processos produtivos e organizativos, assim como a formação política e capacitação com as mulheres. A incorporação deste enfoque de trabalho com as mulheres se deu a partir da contribuição no fortalecimento da organização das mulheres pequenas agricultoras e Sem Terras, as quais se organizavam desde 2009, a partir de atividades como o 8 de março, com momentos de luta pela especificidade feminina, compreendendo a importância de fortalecer a capacidade organizativa das mulheres das áreas de reforma agrária e comunidades de pequenos agricultores, de maneira a lhes dar instrumentos para que conquistem sua autonomia organizativa, financeira, a incidência e acesso aos direitos e visibilidade política.

Diante disso, em 2011, o CEAGRO constituiu GÊNERO como uma frente de trabalho, organizando diversas ações e processos de formação. Nesse sentido, as ações desenvolvidas pelos projetos buscaram promover e apoiar a organização e capacitação de coletivos de mulheres nos assentamentos, acampamentos, comunidades de pequenos agricultores e de um Coletivo Regional de Mulheres (formado com a participação das representantes locais com objetivo de articular as ações na região).

Dentre as ações desenvolvidas pelo CEAGRO junto aos coletivos de mulheres destacamos:

– Assessoria para mobilizações e organização dos grupos;

– Oficinas produtivas com temas que correspondem a demandas locais;

– Intercâmbios, que em sua maioria foram em experiências produtivas de mulheres;

Escola Regional de Mulheres (uma construção das próprias mulheres, em conjunto com o Ceagro, com metodologia organizativa de composição de turmas com 50 participantes, com 3 etapas de 2 dias cada, com  organização do tempo educativo dividido entre tempo escola e tempo comunidade);

– Implantação de quintais produtivos agroecológicos;

– Organização de experiências produtivas com fins de geração de renda (panificados, artesanatos, produção agroecológica).

Além das atividades junto aos coletivos de mulheres o CEAGRO desenvolve ações e construções da transversalidade do debate de gênero em sua base, dentre as quais podemos destacar: formação com a equipe técnica e coordenação, formação e debates junto aos grupos de agroecologia, participação em conselhos municipais e junto à Universidade Federal da Fronteira Sul – UFFS.

⇒Projetos Executados

 

Mais informações:

E-mail: gênero@ceagro.org